sexta-feira, 24 de junho de 2011

CATIRINA LITHT.....???????????

Ontem fui ao Ceprama para assistir a algumas apresentações juninas e lá encontrei o Boi Incantado. Já passava da meia-noite e para surpresa minha, o que me deixou bastante assustado, a Catirina, pulando, saltitando. Aquilo  me incomodou, por ver ela com uma máscara que mais lembrava as máscaras de Veneza e sem a barriga de uma verdadeira Catirina, grávida, que desejava comer a língua do boi .... 

Aquilo me deixou tão chocado, que não me contive e fui falar com o ator que a representava; e por deboche mesmo perguntei o que era aquele personagem. E ele me respondeu que era a Catirina. E aí fiz a pergunta: Catirina sem a barriga ?????  Ele me respondeu : "esta Catirina é virgem, não engravida!!"  Sim, aí engoli seco e fui ao Arraial do São Luís Shopping. Lá estava o boi da Pindoba se arrumando para subir ao palco. Outra vez, a Catirina me chamou a atenção. Antes de ela subir ao palco fui conversar com ela e fiz a mesma pergunta que fiz à Catirina do Boi Incantado.  Ela me respondeu é porque sou a Catirina Litht e a minha filha já nasceu ...
 Alem de estar completamente descaracterizada  e sem estudo da criação do personagem pois a verdadeira Catirina pela tradição tem que ser Homem. ,
Como se pode ver a descaracterização dos personagens na estória das brincadeiras juninas o Bumba Meu Boi . é séria .

 Eu chamo aqui a atenção do Secretário de cultura do Estado e do município . Que ao aceitarem os grupos nas programações faça uma vistoria e antes chame os donos das brincadeiras para receberem aulas da estória do Bumba meu Boi e que valorize as tradições  sem descaracterizar cada personagem


Peço aqui aos deputados que criem um Projeto de Lei  que obrigue aos representantes das brincadeias do boi.  valorizarem a cultura e as tradições dos personagens  do bumba meu boi . assim também  como a participação da música de artistas locais .

“A festa junina deve retratar os costumes e as tradições do nosso povo, sobretudo do Maranhão, tendo que ter tradição, Catirina, pai Francisco, índias  cazumbás , enfim, todos os personagens que compõem o Bumba-meu-boi.

Como diz a lei paraibana, “O descumprimento aos dispostos da Lei acarretará a imediata rescisão do patrocínio do Governo do Estado, uma vez que é extremamente oportuno que os recursos públicos estaduais empregados nos festejos juninos sejam direcionados a resgatar os costumes e tradições locais

Uimar Junior
Ator performático


Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembléia Legislativa da Paraíba emitiu parecer favorável a um projeto de Lei, de autoria do deputado Dunga Júnior (PTB), que dispõe sobre a obrigatoriedade dos municípios paraibanos contratarem para a comemoração dos festejos juninos bandas e artistas locais, valorizando assim a cultura e as tradições nordestinas.

De acordo com o projeto do petebista, os eventos organizados ou patrocinados pelo Governo do Estado, através de recursos físicos ou financeiros, no período comemorativo das festas juninas, deverão buscar resgatar a cultura nordestina tradicional, com participação de artistas ligados ao forró autêntico e valorização das expressões da cultura popular nordestina, como dança, artesanato, teatro e gastronomia.

Dunga Junior justificou seu projeto dizendo que nos últimos anos os festejos juninos paraibanos têm sido descaracterizados por outros estilos musicais, a exemplo de axé e sertanejo, e pela falta de apego a tradições representativas dos festejos de Santo Antonio, São Pedro e São João.

“Na verdade, os festejos juninos tomaram um rumo diferente, com apresentação de bandas que detrata o ser feminino com inúmeros adjetivos pejorativos. Isso não condiz com as nossas tradições. Onde fica a história de Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, Marinês e tantos outros artistas que transformaram o forró no nosso ritmo característico”, indagou.

“A festa junina deve retratar os costumes e as tradições de uma região, sobretudo do nordeste, tendo que ter tradição, sanfona, zabumba e triangulo”, acrescentou.

O deputado destacou também que o projeto proibi shows de bandas e quaisquer outros artistas que cantem ritmos não condizentes com a cultura nordestina legítima.

“O descumprimento aos dispostos da Lei acarretará a imediata rescisão do patrocínio do Governo do Estado, uma vez que é extremamente oportuno que os recursos públicos estaduais empregados nos festejos juninos sejam direcionados a resgatar os costumes e tradições locais”, sustentou.

3 comentários:

  1. CONVITE

    ...eu vim lhe convidar a visitar o meu blogue. Ler, e se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei grato, esperando por você lá.
    Abraços

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Certamente um erro inadimissivel dos representantes dos "grupos culturais" e é de responsabilidade das autoridades politicas a intervenção e punição dos grupos que dispoem tal ato.

    ResponderExcluir
  3. MUITO BOM A MULHER BABAÇU NA FEIRA DO LIVRO...

    MUITO BOM TB A MULHER BABAÇU PROTESTAR CONTRA
    O ABUSO NA DEVASTAÇÃO DA NATUREZA.

    SUA LUTA NÃO SERÁ EM VÃO.
    ABÇS
    SAULO

    ResponderExcluir